Sair do Brasil para trabalhar em Portugal


Tenho recebido vários emails de brasileiros que pretendem sair do Brasil e com várias perguntas e dúvidas. Gostaria muito de poder ajudar, mas muitas vezes não sei mesmo o que responder. Fiz um resumo das informações relevantes e espero ajudar algumas pessoas.

QUEM AVISA AMIGO É…

Lembre-se que morar fora de seu país de origem, seja temporariamente ou com um objetivo permanente, não vai ser nada fácil. Quando projetamos uma forma de vida no exterior, pensamos principalmente no que aquela decisão repentina vai nos trazer de positivo. Mas os primeiros anos em solo estrangeiro vem como uma avalanche de sentimentos e acontecimentos.

Portugal apesar do proximidade com a língua e muitas outras coisas em comum com o Brasil, continua sendo uma outra cultura, bem distante da nossa. Receber e filtrar tudo isso requer mente aberta e bastante paciência. Tem muitas pessoas que não se adaptam, é preciso coragem e muita vontade.

COMO TRABALHAR EM PORTUGAL?

Vi esta nota no site da embaixada de Portugal no Brasil:

A ida para Portugal com intenção de trabalhar, sem o indispensável visto, contraria a lei portuguesa e é geradora da proibição de entrada no país, com todos os inconvenientes que isso implica. Aconselha-se vivamente, pois, que este tipo situações ilegais seja evitado a todo o custo, mesmo que pessoas conhecidas ou amigas, em Portugal ou no Brasil, isso sugiram ou aconselhem. http://www.embaixadadeportugal.org.br/infuteis/trabalhar.php

VISTO

O visto de trabalho é concedido quando você já tem uma proposta de emprego, por isso o primeiro passo é procurar uma oportunidade de emprego. Depois disso, você procura o SEF(serviço de estrangeiros e fronteiras) ou o Consulado de Portugal (se estiver no Brasil) e solicita o visto de trabalho.

Portugal tem um acordo com o Brasil que permite que quem venha do Brasil para Portugal (e portugueses que vão para o Brasil também), tenha isenção de visto de turista e de mais alguns vistos de curta duração (com 90 dias de validade).

Mas atenção que esta isenção só vale mesmo para os casos de turismo e muito específicos. Caso queira vir estudar ou trabalhar em Portugal, deve solicitar o visto adequado nas Embaixadas ou Consulados de Portugal, no Brasil.

Se você visitar Portugal para procurar trabalho, você tem 180 dias para encontrar um empregador ou estabelecer um negócio novo para solicitar sua autorização de residente.

Para trabalhar em Portugal, é preciso obter uma autorização de residência para efeitos de trabalho.

Empregados que tenham um contrato de trabalho maior que 3 e menor que 12 meses, necessitam autorização de residência temporária, válido até a duração de seu contrato. Se o contrato se estender, mas o total não ultrapassa um ano, a autorização de residência se estenderá a um período igual ao do trabalho. Se o período de trabalho acumulativo ultrapassar um ano, a renovação da autorização de residência sera automática e válida por 5 anos.

AUTORIZAÇÃO DE RESIDÊNCIA

Para estrangeiros, o documento de identificação usado é a autorização de residência emitida pelo SEF (Serviço de Estrangeiros e Fronteiras) – Website: http://www.sef.pt/portal/v10/PT/aspx/page.aspx

QUE TIPOS DE AUTORIZAÇÃO DE RESIDÊNCIA HÁ?

As mais relevantes são as Autorizações de Residência para:

Actividade Profissional Dependente (com contrato de trabalho);

Actividade Profissional Independente (profissional autónomo);

Actividades de investigação ou altamente qualificadas;

Estudo;

Reagrupamento Familiar.

Vítimas de tráfico de pessoas.

NACIONALIDADE PORTUGUESA

Entre algumas formas que existem na lei, podem requerer a nacionalidade aqueles que tenham ininterruptamente autorização de residência há pelo menos 6 anos.

DINHEIRO

Outro ponto é a questão dos meios de subsistência. Se você pretende ir a Portugal “tentar a vida”, é importante ter uma poupança que possa garantir o seu sustento por, no mínimo, 1 ano. É bem provável que o SEF cobre isso de você. Portanto, esteja preparado para mostrar impostos de renda e saldos no banco.

POR ONDE COMEÇAR?

Pode enviar seu CV para algumas empresas da sua área e ver se tem alguma resposta positiva. Caso a empresa tenha interesse em te contratar, você consegue um visto de trabalho e residência. O problema é que ainda tem muito desemprego, e fica muito mais fácil contratar alguém que já reside no país que não vai precisar de visto de residência.

SALÁRIO EM PORTUGAL

O salário mínimo em 2015 é de 505€ brutos por mês, tirando os impostos fica cerca de 460€ sem nenhum dependente e solteiro. Se for casado e/ou tiver dependentes o imposto abaixa, e o salário fica maior.

Esse valor é para vagas de atendentes, seguranças e empregadas domésticas por exemplo. Pessoas que trabalham medicina por exemplo, conseguem ter salários superiores a 1.000€ dependendo da experiência. Tenha em mente que o imposto aumenta para salários mais altos.

MELHORES SITES DE EMPREGO EM PORTUGAL

Faça uma pesquisa sobre as vagas, os salários, e tente entender onde que a sua área tem mais oportunidades no país. Alguns sites para procurar emprego:

www.trabalhar.pt

www.net-empregos.com

www.indeed.pt

www.alertaemprego.pt

www.neuvoo.pt

VAGAS PARA BRASILEIROS EM PORTUGAL

Aqui se contrata pessoas do mundo inteiro, depende das suas competências, não sinto que somos desfavorecidos nos processos seletivos por ser brasileiro.

A questão é que para ser empregado de mesa em um bar ou restaurante você muitas vezes precisa no mínimo falar além do português, inglês e espanhol. O nível de exigência do mercado é grande e não tem atualmente tantas oportunidades.

Mas acredito que se você for uma pessoa esforçada e séria, sem dúvidas tem uma chance.

A MINHA ÁREA TEM EMPREGO?

Não vou saber responder. Visite sites de emprego de Portugal e faça uma pesquisa para saber se na sua área tem vagas disponíveis. Lembre-se que Portugal é muito menor que o Brasil, por isso proporcionalmente nunca vai ter a mesma quantidade de vagas que você costuma ver no Brasil.

Encontrei este site que talvez possa ajudar com algumas informações:

http://www.brasileirosemportugal.net/index.htm