História das Mulheres com Smoking


LE SMOKING, DE SAINT LAURENT ATÉ HOJE

No novo museu Yves Saint Laurent na Fundação Pierre Berge em Paris, o famoso Le Smoking é a principal atração, literalmente. É a primeira peça de vestuário que se vê em exibição ao entrar no museu, que foi a casa de Laurent de 1974 até 2002 quando ele desistiu de projetar. Sua criação foi chocante para a época. Hoje podemos ver o quanto seu estilo permanece, e como foi visionário e inovador. Saint Laurent pode ter todo o crédito por este estilo sem gênero onde o masculino e o feminino não tem distinção, mas ele não foi o primeiro nem o último. Muitas mulheres brilharam de smoking.

Na imagem o clássico “Le Smoking” de Yves Saint Laurent, foto de Reg Lancaster 1969.

Imagem: Pinterest

MARLENE DIETRICH

As idéias de Yves Saint Laurent foram contra uma proposição de alta costura, mas Marlene Dietrich acredita no look masculino há 30 anos. Quando YSL mudou o conceito de alfaiataria e cortou-a para uma figura feminina, Dietrich era perfeita modelo. A atriz era uma dessas figuras enigmáticas do showbiz, sempre misteriosa, sua sexualidade era um de seus mistérios. Ela estreou o traje black tie quando tocou no filme marroquino de 1930, no qual ela beijou outra mulher. Quelle scandale!

Imagem: Pinterest

VICTOR / VICTORIA

Julie Andrews teve o papel mais famoso do filme The Sound of Music, de 1965, mas foi o remake do vencedor do Oscar de 1982 de Viktor und Viktoria que deixou uma imagem inesquecível. Era um cantor de cabaré, Victor / Victoria, em Paris na cena das discotecas dos anos 30.

 

ANNIE LENNOX

A flexibilidade de gênero na década de 1980 ficou em alta, e ninguém exemplificou melhor do que Annie Lennox. Embora Lennox preferisse um simples fato, ela já foi vista de smoking em 1984. Tinha um look andrógino impressionante, quer intencionalmente ou não. A imagem foi do desfile de Jean Paul Gaultier 2013.

Imagem: Pinterest

JANELLE MONAÉ

Nada se compara ao estilo preto e branco de Janelle Monaé, a cantora é super elegante, usa peças clássicas dos homens. “Um smoking é um uniforme tão padrão, é tão elegante e é um estilo que eu gosto. O smoking me mantém equilibrada. Eu não quero me nublar com muitas cores ou ficarei louca “.

Imagem: Pinterest

CELEBRIDADES

Yves Saint Laurent pode possuir a fama, mas isso não significa que não haja outros designers que também aderiram ao estilo, como Stella McCartney, Tom Ford, Riccardo Tisci e Ralph Lauren, sempre tiveram peças para vestir senhoras como senhores. A influência e a predominância do look chegou ao tapete vermelho onde celebridades aderiram o smoking mostrando uma mudança moderna e refrescante dos vestidos de noite típicos.

Imagem: Pinterest

Victoria Beckham

Imagem: Pinterest

DESIGNER NACIONAL

Um designer português que admiro é o Carlos Gil que sabe trabalhar bem a alfaiataria, sabe reinventar de uma forma luxuosa e contemporânea. Existe um toque do tradicional com o moderno e resulta numa mulher muito elegante.